Oscar de Mattos, presidente da Abrasol (Associação Brasileira de Energia Solar Térmica), ao comentar a sugestão de Jair Bolsonaro de que os brasileiros deveriam tomar banho frio para economizar energia, observou que o presidente desconhece uma tecnologia nacional, que gera empregos só no Brasil e utiliza insumos e componentes inteiramente produzidos no País. Trata-se do aquecedor solar de água, que propicia expressiva redução do consumo ao substituir o chuveiro elétrico, responsável por cerca de 37% da conta de luz. 

“Não precisamos tomar banho gelado. Temos uma solução brasileira e sustentável para enfrentar a crise energética e até mesmo equipar casas dos programas governamentais de habitação”, ressalta Oscar de Mattos, explicando: “Os aquecedores solares de água são cerca de quatro vezes mais eficientes do que os painéis fotovoltaicos no aquecimento da água e atendem a aplicações residenciais de baixa até alta renda, comerciais, industriais e serviços”. 

Os equipamentos são a alternativa mais eficaz para a redução expressiva do consumo nos chuveiros elétricos, que sobrecarregam muito o sistema no horário de ponta (entre 17 e 21 horas), representando mais de 7% de toda a eletricidade gasta no País e cerca de 37% da residencial, segundo dados do Balanço Energético Nacional da Empresa de Pesquisa Energética (EPE, 2021) e Pesquisa de Posse de Hábitos de Uso e Consumo (Eletrobrás, 2019). 

Os aquecedores solares de água estão presentes no Brasil há mais de 40 anos e sua tecnologia é 100% nacional, gerando empregos apenas no País. Utilizam matérias-primas totalmente brasileiras e são certificados pelo Inmetro com base em normas internacionais. Ou seja, são produtos de alta qualidade e eficiência. 

A energia solar térmica é uma solução barata para o aquecimento de água, sustentável e eficiente. Também reduz a emissão de gases de efeito estufa. Seu sistema não é ligado à rede elétrica. Sua fonte de eletricidade é somente o Sol. Assim, possibilita às famílias expressiva redução de custo nas contas de luz, otimizando o orçamento doméstico, o que é importante neste momento de dificuldades. 

O sistema de aquecimento solar está sendo indicado pela ANEEL e MME (Ministério de Minas e Energia) em suas campanhas para economia de energia. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui