Caso Varginha vai virar documentário nos EUA

A aparição dos ETs na cidade mineira é um dos casos ufológicos mais conhecidos do mundo

O 1091 Pictures adquiriu os direitos mundiais para “Varginha: The Roswell of Brazil”, sequência de James Fox para “The Phenomenon.” O documentário vai explorar fatos e teorias sobre um dos eventos ufológicos mais importantes do mundo. O caso ocorreu em 1996, quando cidadãos relataram terem visto uma ou mais criaturas estranhas e um UFO.

Vários moradores locais, incluindo um grupo de garotas com idades entre 14 e 21 anos, se depararam com um ser de cerca de um metro de altura, pele oleosa marrom, cabeça grande e grandes olhos vermelhos. A cidade foi isolada por militares e criaturas foram capturadas. O policial militar local Marco Cherese morreu em circunstâncias misteriosas depois de supostamente ter manuseado uma das criaturas.  

O documentário da Fox trará testemunhas oculares da história, especialistas e oficiais. O falecido físico nuclear e ufólogo Stanton Friedman, o oficial da Força Aérea Brasileira General José Carlos Pereira, o ufólogo brasileiro Ademar José Gevaerd e Peter Coyote, que narrou The Phenomenon, estão na produção.

O documentário chegará às plataformas digitais em fevereiro de 2022.

Imagens do ET de Varginha foram criadas de acordo com os depoimentos das testemunhas. Foto: Gettyimages

Roswell Brasileiro

O caso Roswell é considerado o fenômeno ufológico mais importante de todos os tempos e teria iniciado uma série de contatos no metade final do século XX. Na ocasião, um objeto voador não identificado teria caído num rancho próximo da cidade de Roswell, no Novo México, nos EUA. O primeiro comunicado feito na base aérea local confirmou se tratar de um “disco voador”. No dia seguinte o Exército norte-americano desmentiu o fato e afirmou que o objeto que caiu era um balão meteorológico.  A projeção internacional do ET de Varginha, além dos muitos mistérios envolvendo o fato, fez com que o caso fosse conhecido fora do país como a versão brasileira do caso Roswell.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui