Geoglifo de um gato de 200 a.C. é descoberto em Nazca no Peru

0

Um gato com cerca de 37 metros de comprimento em repouso em uma colina de areia é a nova figura que os arqueólogos do Ministério da Cultura do Peru encontrou na Pampa de Nazca, casa dos famosos geoglifos que fazem parte da lista de vc Patrimônio Mundial da Unesco desde 1994.

O enorme desenho do felino, datado entre 200 a.C e 100 a.C, foi descoberto durante uma obra de profissionais da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) para melhorar o acesso a uma das colinas que serve de ponto de observação para outros geoglifos da região.

A gravura tem 37 metros de comprimento e linhas bem definidas, de 30 cm a 40 cm de largura.

“A figura era quase invisível e estava prestes a desaparecer porque está situada em uma encosta bastante íngreme que está sujeita aos efeitos da erosão natural”, disse o Ministério da Cultura do Peru em um comunicado à imprensa na semana passada.

Na semana passada, o geoglifo foi limpo e conservado e mostra uma figura felina de perfil, com a cabeça voltada para a frente.

“É surpreendente que ainda possam ser identificadas novas figuras, mas sabemos que existem outras que podem ser encontradas. Nos últimos anos, o uso de drones, que sobretudo nos permitem fazer imagens em encostas, torna isso possível”, disse o arqueólogo Jhonny Isla, responsável pelo sistema de gestão do Parque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui