Montanhas da Área de Proteção Ambiental (APA) foto: corpo de bombeiros

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) estão atuando para apagar um incêndio de grandes proporções, que teve início no final da tarde desta quinta (19), em Área de Proteção Ambiental (APA) do Parque Florestal, em Chapadas dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá. Segundo o Corpo de Bombeiros, o plano de ação conta com novas equipes que foram enviadas nesta sexta-feira para fortalecer o combate. O trabalho hoje (21) conta com a participação de mais de 100 pessoas.

Três aeronaves Air Tractor estão operando e realizando vários lançamentos d’água para apagar o fogo.

Um ponto de apoio foi estruturado no Aeroporto Bom Futuro para o abastecimento dos aviões e outro na pista do 2° Pelotão Independente, no município de Santo Antônio de Leverger (MT). Um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas entrou em ação para colocar militares em pontos onde o acesso é inviável por terra.

O reflexo deste incêndio pode ser percebido durante o período da manhã em Cuiabá, que fica a 65 quilômetros da Chapada. O céu da Capital foi tomado por uma cortina de fumaça vinda dos incêndios em Chapada dos Guimarães, que ainda permanece presente nesta tarde.

Com a baixa umidade do ar e vento forte, que dificultam o trabalho de combate, o fogo tem maior facilidade de propagação na vegetação. O CBM ainda não sabe qual é a origem deste incêndio, neste momento a prioridade é apagar as chamas.

Os bombeiros ainda não sabem qual é a origem deste incêndio.

Nesta ação de combate, o Corpo de Bombeiros conta com apoio de 36 brigadistas e duas aeronaves do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Outra equipe com 8 brigadistas da Defesa Civil, condutores de caminhão pipa e piloto de motocross.

Deixe uma resposta