Inmet faz alerta em Ribeirão Preto para baixa umidade do ar

Crianças tendem a sofrer mais com a baixa umidade do ar, veja as dicas dos pediatras

0

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) alerta Ribeirão Preto é toda região metropolitana para a baixíssima umidade do ar durante a primeira de setembro podendo chegar a 12%

A baixa umidade do ar pode causar mais incêndios na região, e problemas de saúde característicos, principalmente em crianças e idosos.

A temperatura pode variar entre 18 e 34 graus Celsius sem previsão de chuva.

Pediatras alertam sobre os cuidados com crianças e bebês no clima seco

A baixa umidade do ar na região nas últimas semanas acende o alerta para cuidados com a saúde de todos, especialmente, crianças e bebês que se tornam mais vulneráveis a casos de desidratação e dermatites. Neste período, também crescem os diagnósticos envolvendo problemas respiratórios, ressecamento das mucosas, tosse seca, coriza, crises de asma, conjuntivite, entre outros.

De acordo com Alexander Engelberg, pediatra, o tempo seco é mais sentido pelas crianças e bebês porque eles possuem uma porcentagem maior de líquido na composição corporal. “Os principais efeitos que a baixa umidade causa na saúde de bebês e crianças estão relacionados à desidratação. As crianças e, especialmente, os bebês têm muito líquido e quando perdem é uma parte importante. A pele resseca mais, os olhos e a boca ressecam e tudo fica sujeito à lesões”, explica Engelberg.

A pediatra Lina Maria Balcázar Fonseca, que também integra o Grupo São Francisco, alerta sobre a necessidade de alguns cuidados especiais buscando a prevenção ou amenização dos efeitos causados pelo clima seco.

“Algumas ações simples podem ajudar na prevenção desses efeitos, como aumentar a ingestão de líquidos, preferencialmente de água, lavar as mucosas com soro fisiológico, evitar sair de casa nos horários mais quentes, entre 10h00 e 16h00, além de utilizar protetor solar e hidratante corporal”, orienta Lina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui