Duas mulheres afundaram na areia e ficaram presas em um trecho ainda em obra na orla de Balneário Camboriú e precisaram ser resgatadas por guarda-vidas nessa terça-feira (26).

Uma das mulheres ficou presa em um bolsão de areia movediça primeiro, enquanto caminhava, enquanto a segunda mulher atolou tentando ajudá-la a sair.

Em um vídeo é possível ver uma das mulheres, que parece estar presa até a cintura na areia, é puxada por um guarda-vidas com auxílio de um cabo de salvamento, enquanto a outra aguarda ser resgatada.

Segundo o corpo de bombeiros as mulheres não sofreram ferimentos.

A segunda mulher que aparece no vídeo diz que não havia sinalização no local e que só voltou para a areia no trecho interditado porque havia mais pessoas circulando no local.

A mulher conta que pisou na areia seu pé afundou e ela caiu. Um rapaz a ajudou e orientou que ela pisasse apenas nas partes brancas, onde a areia havia secado. Em seguida, ela viu a outra mulher deitada, pedindo ajuda e foi até ela.

Ao tentar ajudar, a mulher acabou afundando no mesmo bolsão de areia.

Mais cedo, a prefeitura de Balneário Camboriú reforçou que tem sinalizado o local com uso de cerquites, espécie de tapumes de plástico, para que as pessoas não avancem sobre a praia porque a areia precisa de tempo para se estabilizar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui