Mundo supera marca de um milhão de mortes por coronavírus

0

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo, de acordo com a recontagem da AFP estabelecida a partir de dados oficiais.

No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes pelo mundo e 33.018.877 casos detectados, enquanto 22.640.048 pessoas se recuperaram da doença, de acordo com as autoridades.

As drásticas medidas adotadas por muitos países não conseguiram até o momento frear a pandemia, que provoca consequências econômicas desastrosas e aumenta as divergências políticas.

Além da marca, a velocidade da pandemia também chama atenção: enquanto o mundo levou seis meses para registrar as primeiras 500 mil mortes, foram necessários somente três meses para registrar as outras 500 mil. As últimas 100 mil mortes foram registradas em 12 dias.

Os cinco países com mais mortes são Estados Unidos, Brasil, Índia, México e Reino Unido

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui