Iniciativa pretende encaminhar casos e demandas para o sistema de justiça do Estado – Foto: Freepik

Duas unidades da USP, a Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) e a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), acabam de lançar a Clínica de Direitos Humanos das Mulheres (CDHM), iniciativa que vai atender gratuitamente mulheres, principalmente as de baixa renda, residentes nas cidades de São Paulo e Ribeirão Preto com o objetivo de esclarecer dúvidas e oferecer auxílio no encaminhamento de seus casos e demandas para o sistema de justiça do Estado de São Paulo.

O lançamento está sendo realizado durante o evento on-line Direito para Mulheres, com transmissão nesta quarta-feira (11) e quinta-feira (12), a partir das 17h30, e pode ser acompanhado no Canal do Youtube da FDRP, neste link.

As atividades da CDHM serão desenvolvidas nas duas unidades USP – de forma conjunta e virtual. Trata-se de “um serviço de orientação jurídica para as mulheres e nossas expectativas são de promover educação em direito junto às mulheres, sobretudo para as mais vulneráveis”, afirma a professora Fabiana Cristina Severi, do curso de Direito da USP em Ribeirão Preto.

O serviço começa a funcionar logo após o evento de lançamento, quando já será possível acessar a Clínica na aba “Fale conosco” neste link ou solicitar atendimento preenchendo este formulário on-line.

Direito para Mulheres, o evento

O evento Direito para Mulheres: Lançamento da Assessoria Jurídica da Clínica de Direitos Humanos das Mulheres USP vai discutir estratégias e funcionamento de assessorias jurídicas populares, além de advocacy nos direitos humanos no Brasil e fora do país. É possível acessar toda a programação do evento por aqui. Para participar basta fazer inscrição gratuitamente neste link. Saiba mais sobre o evento clicando aqui.

Deixe uma resposta