(Reuters) – Um estoque de óleo e pneus na região portuária de Beirute pegou fogo nesta quinta-feira, disse uma fonte das Forças Armadas, pouco mais de um mês depois que uma gigantesca explosão devastou o local e uma área residencial ao redor da capital libanesa.

O incêndio irrompeu na zona franca do porto, erguendo uma enorme coluna de fumaça sobre a cidade. A fonte militar alegou que a causa do incêndio não foi imediatamente esclarecida.

Imagens de televisão mostraram bombeiros tentando apagar as chamas no porto, onde armazéns e silos de concreto que armazenam grãos foram destruídos pela explosão de 4 de agosto.

Cerca de 190 pessoas morreram na explosão do mês passado e uma área de Beirute perto do porto foi destruída. A explosão foi causada por um grande estoque de nitrato de amônio que foi mantido em más condições no local por anos. 

Deixe uma resposta