Imagem Ilustrativa

Seja na tentativa de impressionar alguém após a exibição de um filme de arte ou ao discutir as indicações ao Oscar entre amigos, a maioria das pessoas gosta de descobrir maneiras de ver e falar sobre cinema. Mas com tanta variedade, entre thrillers de Alfred Hitchcock e comédias românticas de Nora Ephron, como os espectadores podem determinar o que torna um filme realmente bom?

Em Como falar sobre cinema: Um guia para apreciar a sétima arte (Ed. BestSeller), a crítica de cinema do The Washington Post e indicada ao Pulitzer de melhor crítica Ann Hornaday nos conduz pelos aspectos da produção de um filme – do roteiro e elenco à edição de som – e explica como avaliar cada etapa do processo. Como saber se um filme foi bem escrito, para além de diálogos rápidos? O que constitui uma ótima atuação? O que torna uma fotografia, edição e edição de som notáveis? E o que realmente faz um diretor? A autora nos oferece essas respostas e nos mostra como a experiência de assistir a um filme pode ser muito mais rica do que imaginávamos.

Imagem: Divulgação

Apresentando curiosidades e entrevistas com atores e cineastas, Como falar sobre cinema vai ajudar você a enxergar o cinema sob uma luz totalmente nova – não apenas como fã, mas como um autêntico crítico de cinema.

Laura Ann Hornaday é crítica de cinema do The Washington Post e foi finalista do Prêmio Pulitzer de crítica em 2008. Ela mora em Baltimore, Maryland.

Deixe uma resposta