“Toda a nação que virar as costas para a educação terá como destino fúnebre a lápide de seus filhos”, desabafa Criolo depois da morte da irmã por Covid-19

Artista homenageia nas redes sociais a irmã Cleone Gomes, falecida no último sábado aos 39 anos

Foto: Divulgação

Depois de perder a irmã Cleane Gomes no último sábado (5), devido a complicações em decorrência da Covid-19, o rapper Criolo se manifestou em suas redes sociais. Ele postou algumas fotos da infância dos irmãos e criticou o descaso com a educação do país.

Cleane era professora no CapsArts (Centro de Arte e Promoção Social do Grajaú) e na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Jardim Sipramar. Ela deixou um filho de 12 anos.

A mãe de Criolo e Cleane, Maria Vilani, também lamentou em suas redes a perda da filha. “Foi boa mãe, boa filha, boa irmã, magníca tia, uma excelente amiga e professora, uma grande artista circense e cênica, artista plástica, compositora e poeta das boas”.

Cleane Gomes, irmã do artista Criolo, na infância. Foto:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui