O novo CEO é Bruno Pessotti, de 41 anos, que já trabalhou no Tricolor em 2015, quando o clube conquistou o acesso para a Série C e, na sequência, o título da Série D do Campeonato Brasileiro. Pessotti já havia sido indicado ao cargo pelo ex-presidente Dmitri Abreu em 2019 e agora teve o seu nome referendado pelo Conselho de Administração da Botafogo SA em reunião realizada no dia 25 de maio de 2021. O encon­tro contou também com a participação de Osvaldo Festucci, presidente do Bo­tafogo Futebol Clube.

Bruno, que estava na Ferroviária desde o início de 2016 e participou do processo de reestruturação administrativa do time de Araraquara, tem formação em Direito e fez vários cursos de especialização. Na nova formação da diretoria, Paulo Pelaipe será o diretor de futebol. Já Ferdinando Britto continua como diretor financeiro e administrativo.

Léo Franco

Depois de três anos e meio, Léo Franco deixa o Tricolor após o término de seu mandato e permanecerá por mais 60 dias para fazer a transição com a nova diretoria. Ele chegou ao Botafogo no final de 2017 como gerente de futebol e formou o time que chegou as quartas de final do Campeonato Paulista-2018 e foi eliminado pelo Santos nos pênaltis. Na sequência, assumiu o cargo de diretor de futebol da Botafogo Futebol SA e foi um dos responsáveis pela montagem da equipe que conquis­tou o acesso para a Série B do Brasileiro.

Deixe uma resposta