Autor de três gols na Série C do Campeonato Brasileiro, o atacante Walter afirmou que o elenco botafoguense ainda não jogou a toalha e continuará lutando pela classificação para a segunda fase da competição. 

“Temos nove pontos para disputar e estamos seis pontos atrás do Criciúma, que é o nosso próximo adversário. Se vencermos, essa diferença cai para três. É difícil, mas estamos vivos e vamos lutar até o final”, disse o camisa 18, referindo-se ao duelo contra a equipe catarinense, marcado para este sábado (11), às 19h, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, pela antepenúltima rodada da fase classificatória. 

“Neste momento, o mais importante é a diretoria, comissão técnica e jogadores acreditarem que é possível e nós acreditamos. Se vencermos o Criciúma, mudamos a nossa situação no campeonato. O nosso pensamento é exclusivamente na vitória”, acrescentou. 

Na entrevista, Walter revelou que o elenco teve uma conversa muito boa na última segunda-feira. 

“Conversamos muito na segunda-feira para melhorarmos nossa situação. São três jogos para mudar a nossa vida e estamos cientes da nossa obrigação. Eu tento dar o meu melhor sempre e vou continuar brigando pelo nosso objetivo, brigando pelo Botafogo”, completou.

ainda não jogou a toalha e continuará lutando pela classificação para a segunda fase da competição. 

“Temos nove pontos para disputar e estamos seis pontos atrás do Criciúma, que é o nosso próximo adversário. Se vencermos, essa diferença cai para três. É difícil, mas estamos vivos e vamos lutar até o final”, disse o camisa 18, referindo-se ao duelo contra a equipe catarinense, marcado para este sábado (11), às 19h, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, pela antepenúltima rodada da fase classificatória. 

Autor de três gols na Série C do Campeonato Brasileiro, o atacante Walter afirmou que o elenco botafoguense ainda não jogou a toalha e continuará lutando pela classificação para a segunda fase da competição. 

“Temos nove pontos para disputar e estamos seis pontos atrás do Criciúma, que é o nosso próximo adversário. Se vencermos, essa diferença cai para três. É difícil, mas estamos vivos e vamos lutar até o final”, disse o camisa 18, referindo-se ao duelo contra a equipe catarinense, marcado para este sábado (11), às 19h, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, pela antepenúltima rodada da fase classificatória. 

“Neste momento, o mais importante é a diretoria, comissão técnica e jogadores acreditarem que é possível e nós acreditamos. Se vencermos o Criciúma, mudamos a nossa situação no campeonato. O nosso pensamento é exclusivamente na vitória”, acrescentou. 

Na entrevista, Walter revelou que o elenco teve uma conversa muito boa na última segunda-feira. 

“Conversamos muito na segunda-feira para melhorarmos nossa situação. São três jogos para mudar a nossa vida e estamos cientes da nossa obrigação. Eu tento dar o meu melhor sempre e vou continuar brigando pelo nosso objetivo, brigando pelo Botafogo”, completou.

Na entrevista, Walter revelou que o elenco teve uma conversa muito boa na última segunda-feira. 

“Conversamos muito na segunda-feira para melhorarmos nossa situação. São três jogos para mudar a nossa vida e estamos cientes da nossa obrigação. Eu tento dar o meu melhor sempre e vou continuar brigando pelo nosso objetivo, brigando pelo Botafogo”, completou.

Deixe uma resposta