Foto: Agência Botafogo

Um dos destaques da vitória do Botafogo sobre o São Bernardo por 2 a 0, no último domingo (7), no Estádio Santa Cruz, o goleiro Igor Bohn dedicou o pênalti defendido à esposa e afirmou que vive um momento especial na carreira.

“Estou vivendo um momento muito especial na minha carreira e quero dedicar o pênalti defendido à minha esposa porque ela merece. Foi a primeira vez que ela veio assistir no Santa Cruz uma partida minha”, disse Igor Bohn, que completou 50 jogos com a camisa do Tricolor justamente no último domingo.

“Estou muito feliz e honrado de completar 50 jogos com a camisa do Botafogo. É um clube que me recebeu muito bem, onde me sinto em casa e que tem uma torcida apaixonada. Foi muito bom ouvir os torcedores gritando o meu nome”, acrescentou.

Na entrevista, Igor Bohn também fez questão de ressaltar que o bom momento é fruto do trabalho de todo o grupo. Ele citou o elenco, a comissão técnica e os funcionários.

“Hoje, temos uma defesa sólida e o mérito é de todo o grupo e da comissão técnica e, em especial do Tedeschi [preparador de goleiros] e do Danilo [preparador de goleiros]”, afirmou.

Igor Bohn também comentou sobre o segundo jogo da final, marcado para domingo (14), às 11h, no Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo. Como venceu por 2 a 0, o Botafogo pode até perder a partida de volta por um gol de diferença que mesmo assim garante o título da Copa Paulista.

“Conseguimos um resultado positivo, porém, ainda temos mais 90 minutos e sabemos da qualidade do São Bernardo. Temos que trabalhar muito forte essa semana e entrar focados na decisão para conquistar o título”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui