A polícia do Texas, nos Estados Unidos, prendeu uma mãe, de 35 anos, acusada de ter abandonado os quatro filhos há vários meses em casa. Uma das crianças teria morrido ainda em 2020 na residência e não teve o corpo removido do local.

Durante todo esse período, eles viveram ao lado do corpo do irmão.

O mais velho dos três, um adolescente de 15 anos, disse à polícia que seu irmão de 9 anos estava morto há um ano e que seu corpo estava no quarto ao lado.

Os três meninos foram resgatados no domingo (24) do apartamento sem energia elétrica. Eles eram alimentados por pessoas da vizinhança.

Brian Coulter, de 31 anos, companheiro da mãe, foi acusado pela morte do menino em 2020, quando a criança tinha 8 anos. A mãe, Gloria Y. Williams, foi indiciada por maus-tratos a criança por omissão, incapacidade de prover cuidados médicos e supervisão.

Ed Gonzalez, xerife do condado de Harris, afirmou que situação é “horrível” e “trágica” para os três meninos, que “viviam em condições bastante deploráveis”. Ele disse também que novas acusações podem ser apresentadas. 

O xerife disse que o menino mais velho “fazia o possível para cuidar dos outros”, que têm 7 e 10 anos, mas os dois mais jovens “pareciam estar desnutridos e mostravam sinais de lesões físicas”.

Em maio de 2020, os meninos pararam de frequentar as aulas da escola. A mãe foi alvo de um procedimento pela evasão escolar dos meninos, em 2019, que foi abandonado posteriormente devido à pandemia do novo coronavírus.

Os três irmãos estão sob a custódia dos serviços de proteção infantil do Texas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui