Navio-Veleiro Cisne Branco da Marinha do Brasil colidiu com uma ponte durante uma manobra no Rio Guayas, em Guayaquil, no Equador, nesta segunda-feira (18). Segundo nota oficial, a batida pode ter ocorrido devido ao efeito da correnteza.

Um rebocador que estava apoiando o navio virou durante a colisão. Ninguém ficou ferido no acidente.

Em nota, a Marinha do Equador disse que o incidente ocorreu na saída do rio Guayas e que prestou ajuda aos envolvidos. Não há informação sobre feridos e causas do acidente.

“A autoridade marítima nacional está trabalhando ativamente para proteger a vida humana e se pronunciará à medida que mais informações estiverem disponíveis”, informou.

No momento, o Cisne Branco está ancorado em segurança, aguardando a disponibilização para ser atracado no cais de Guayaquil. Após isso será avaliado detalhadamente as condições do navio-veleiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui