1) Tente focar no presente, não pense tanto no futuro, pois a ânsia pelos resultados pode atrapalhar e ainda aumentar a ansiedade

2) Medite, traz tranquilidade, limpeza mental e mais clareza para lidar com os problemas

3) Respeite seu sono e seu descanso, pois somos uma máquina que precisa esfriar o seu motor também, além do sono ser um dos períodos mais produtivos para produção de hormônios e filtrar pensamentos no subconsciente (onde está 90% da consciência)

4) Controle a respiração, ela tem a capacidade de induzir ou acabar com uma crise de ansiedade. Se a respiração acelerar demais, ideal é reduzi-la, deslocando sua concentração do peito para o abdômen, adotando a inspiração e respiração profunda, para conectar-se consigo mesmo

5) Evite pensamentos negativos, combata-os com auto questionamento, buscando sempre o lado positivo de tudo

6) Busque momentos de reflexão, entendendo seus pensamentos e sentimentos, conversando consigo mesmo, que é um dos melhores exercícios. Pare, reflita, busque entender a causa daquele sentimento ou pensamento

7) Consuma bebidas relaxantes e cuide da alimentação, pois a ansiedade pode se refugiar na comida de forma compulsiva, pois é comprovado que isso alivia a tensão, já que alimentos doces e gordurosos liberam substâncias que auxiliam a serotonina – hormônio da satisfação

8) Organize a sua rotina, programe e monte a agenda profissional e pessoal uma semana ou um dia antes, pois a ansiedade atua muito mais quando sabemos o que temos que fazer, mas de maneira desordenada, provocando tensão em relação ao que sabemos que não foi cumprido

9) Pratique atividade física, pois os benefícios são incríveis, liberando a tensão acumulada, trazendo relaxamento e ritmos cardíacos mais calmos

10) Por fim, não se cobre tanto, somos seres únicos e individuais, com o seu próprio tempo de desenvolvimento pessoal. Precisamos nos organizar e ter metas, nos cobrarmos, mas também relaxarmos as vezes, com a sabedoria de compreender que os momentos difíceis passarão, e que você está fazendo o suficiente para isso. Realize ações em prol de você mesmo.

Coluna | “Psicologia e Inteligência Emocional” Psicólogo formado pela universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, com aperfeiçoamento em pesquisa e mestrado realizado durante três anos, também pela USP, na área da psicologia organizacional, abordando principalmente temas tais como: Liderança, Trabalho em equipe, Motivação, Alinhamento de crenças, Sociometria, Diagnóstico das organizações, Análise comportamental e busca do desenvolvimento profissional de Empresarios, empreendedores e colaboradores nas diversas áreas de atuação no mercado de trabalho. Também realizador de atendimentos para outras áreas terapêuticas em psicologia, para análise de outras formas de apoio ao ser humano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui