Foto: Emma Simpson

Como agravante das preocupações normais do cotidiano, há um ano e meio também enfrentamos uma pandemia que levou ao confinamento e ao afastamento das pessoas, atingindo em cheio a saúde de forma geral das pessoas. Além do vírus, a situação gerou medo, ansiedade, tristeza e outras sensações ruins, afetando em cheio a saúde mental da sociedade.

Adote algumas práticas simples que irão melhorar sua saúde mental:

  • Procure resgatar aos poucos seus momentos em família e também com outras pessoas;
  • Busque sempre a prática de atividades físicas e uma alimentação saudável.
  • Não abra mão de boas noites de sono e reforce seus laços de amizade;
  • Respeite seus limites físicos e emocionais, mas não tenha vergonha de viver a vida intensamente,
  • Não tenha receio de buscar ajuda profissional se perceber que precisa, vale a pena.

Coluna | “Psicologia e Inteligência Emocional” Psicólogo formado pela universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, com aperfeiçoamento em pesquisa e mestrado realizado durante três anos, também pela USP, na área da psicologia organizacional, abordando principalmente temas tais como: Liderança, Trabalho em equipe, Motivação, Alinhamento de crenças, Sociometria, Diagnóstico das organizações, Análise comportamental e busca do desenvolvimento profissional de Empresarios, empreendedores e colaboradores nas diversas áreas de atuação no mercado de trabalho. Também realizador de atendimentos para outras áreas terapêuticas em psicologia, para análise de outras formas de apoio ao ser humano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui