A relação entre dores nas costas e uma vida sexual sempre foi uma questão pouco discutida. Porém, é bem preocupante, pois, com a vida moderna corrida está cada dia mais difícil manter equilíbrio entre alimentação, exercícios, mente saudável! Em decorrência da falta de bons hábitos, surgem muitas patologias que podem agravar indiretamente o relacionamento dos casais, bem como a vida sexual.

Um estudo, publicado no Jornal Neurosurgery Spine, focou a interferência da hérnia de disco na qualidade de vida sexual das pessoas.

A pesquisa analisou 43 pessoas com média de idade de 41 anos, entre homens e mulheres, com o objetivo de avaliar as atividades sexuais dos portadores de hérnia de disco antes e depois de passarem por cirurgia.

O resultado mostrou que 55% dos homens e 84% das mulheres disseram ter problemas sexuais após o aparecimento da dor motivada pela hérnia. A disfunção mais citada foi a diminuição do desejo sexual, tanto pelos homens, quanto pelas mulheres.

Tratamento

Felizmente, esse problema é passível de solução, por meio de tratamento multidisciplinar, com medicamentos, fisioterapia e, em situações mais complicadas, cirurgia. O sexólogo tem papel fundamental neste contexto, uma vez que as posições sexuais podem ser adequadas ao momento e entender qual melhor ângulo da prática sexual para diminuir a dor seria importante para os casais. O psicólogo de casais também tem papel fundamental uma vez que o cônjuge pela sua debilitação pode estar inseguro diante das suas limitações. Uma boa conversa entre o casal poderá ser de suma importância, pois, ajustes precisam ser feitos e estar seguros entre si se apoiando mutuamente para que juntos como casal possam entender o problema e se ajudarem, seja mostrando que não importa o momento difícil estarão sempre apoiando e mostrando cumplicidade nos momentos difíceis. Isso tornará a dor do cônjuge, menor, e o apoio incentivará a busca por tratamento. Este caminho mesmo sendo de um só deve ser percorrido por ambos. Só assim a dor e o sexo podem ser resolvidos completamente sem afetar o emocional e nem mesmo o relacionamento.

CIÊNCIA DA VIDA NATURAL | Formada em fisioterapia , educação física e teologia . Pós graduada em 5 vertentes com especialização em coluna vertebral . Mestranda internacional em nutrição pela universidade da Espanha . Gestora dos 2 projetos 1)Escola da vida natural 2) destrave seu emagrecimento. Criadora da técnica de iniciação científica “automassagem 3Dnano Dra Sílvia Batista . Coordenadora do projeto on-line “ hipertrofia sem drogas “

Deixe uma resposta