Foto: Divulgação

A Investigação feita pela Promotoria de Justiça, com apoio das polícias Civil e Militar do Estado de São Paulo, na chamada Operação Hígia, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão de documentos, celulares e dispositivos eletrônicos. Além disso, foi determinada a quebra de sigilo bancário e fiscal e bloqueio de bens dos investigados. O afastamento de integrantes da diretoria executiva e do conselho fiscal, também de um funcionário, foi solicitado.

De acordo com a investigação, que teve início com informações recebidas pela Ouvidoria do Ministério Público, há indícios de que pessoas físicas e jurídicas terma desviado cerca de R$ 4 milhões.

A Operação determinou que representantes da Secretaria Municipal da Saúde e da Secretaria Municipal de Assistência Social, indicados pela Prefeitura, integrem uma comissão de intervenção na Apae. Cinco promotores de justiça, seis servidores, 15 policiais civis e seis policiais militares trabalharam na operação.

A Apae emitiu nota hoje (6),assinada pela assessoria de imprensa, afirmando que a investigação aborda um período de gestão anterior ao atual, no qual o presidente era Fábio Alves Ferreira.

Ferreira geriu a Apae por quatro anos e faleceu em março deste ano, aos 40 anos.

Nota oficial

“A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Barretos, vem por meio deste declarar que na manhã do dia 06/07/2021 teve a presença de Promotores, Delegados, Policiais Civis e Militares, para cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão conforme processo n°0002214.28.2021.8.26.0066.

Vale ressaltar que a entidade está sendo investigada civilmente e pelo período do ano de 2017 até 31/03/2021 período este presidida pelo até então Presidente Fábio Alves Ferreira.

Informamos ainda que a atual administração vem prestando contas ao Ministério Público e Defensoria Pública de Barretos, desde que sua atual Presidente assumiu o mandato.

O advogado da entidade, Merhej Najm Neto, informou que a atual diretoria provará para a Justiça que não compactuou com desvios praticados pela diretoria anterior.

Barretos, 06 de julho de 2021.”

Deixe uma resposta