Foto: Reprodução

Um homem, de 56 anos, ficou apenas de cueca dentro de um supermercado depois de ser acusado de furto pelos seguranças do local, em Limeira, no interior de São Paulo, na sexta-feira (6). Vídeos que circulam nas redes sociais mostram Luiz Carlos da Silva tirando parte da roupa para provar que não havia roubado nada.

Após sair do mercado, o homem foi para a delegacia e registrou um boletim de ocorrência. De acordo com a Polícia Civil, o caso deve ser investigado como constrangimento, pois “não há provas” de que houve injúria racial.

Em nota, o Assaí Atacadista informou que os funcionários envolvidos no caso foram afastados. “A companhia reforça que não adota nem orienta qualquer forma de abordagem constrangedora a clientes e que tomará todas as providências necessárias tão logo a investigação for encerrada”, diz o comunicado da empresa.

Veja o vídeo:

Veja a nota do Assaí:

Deixe uma resposta