Avô que tentou salvar menino Kauê de incêndio recebe alta

O avô do garoto voltou para o imóvel já em chamas para procura-lo e não conseguiu resgatar a criança

0

O avô do menino Kauê Santiano que morreu neste último sábado (22) carbonizado devido ao um incêndio, recebeu alta no último domingo (23). O avô, João de Almeida Matos, 54, foi liberado do HC UE após apresentar melhora significativa no quadro de saúde.

O avô tentou salvar o neto durante o incêndio que ocorreu em um imóvel nos Campos Elíseos e teve 18% do seu corpo queimado.

Entenda o caso

Um incêndio aconteceu em uma casa nos Campos Elíseos no último sábado (22), no quarto onde começou o fogo haviam 3 crianças brincando, Kauê Santiano, a irmã mais velha de onze anos e uma prima. Ao perceberem o sinal de incêndio as meninas saíram da casa e Kauê Santiano se escondeu debaixo da cama.

O avô do garoto voltou para o imóvel já em chamas para procura-lo e não conseguiu resgatar a criança, teve parte do corpo queimado e foi levado para atendimento no HC UE de Ribeirão Preto.

O corpo de bombeiros foi acionado as 20h40 para atender um incêndio em residência na Av Marechal Costa e Silva, e quando chegou ao local encontrou o corpo da criança carbonizado.

A suspeita, apontada em perícia realizada no domingo (23), é de que as chamas se originaram devido a uma suposta pane elétrica no quarto em que a criança estava brincando. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui