A menina Isadora Praieiro Pedroso , de 8 anos, foi encontrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Mato Grosso do Sul neste domingo, 7, após mais de 100 dias desaparecida.

Segundo informações, Air Praeiro, avô paterno de Isadora, foi abordado por um oficial de Justiça na estrada, nesse domingo (7), enquanto viajava para Cuiabá (MT) junto com a criança. Ele recebeu uma intimação judicial em mãos e seguiu viagem com Isadora.

A intimação é para que a menina seja devolvida à mãe em até 48 horas. Na última sexta-feira (5), uma decisão que determinou a guarda unilateral para a mãe, Marina Pedroso, foi proferida pela desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) Nilza Maria Pôssas de Carvalho.

com a criança. Ele recebeu uma intimação judicial em mãos e seguiu viagem com Isadora. Os policiais então foram informados da existência de uma decisão judicial proferida pelo Tribunal de Justiça do Mato Grosso, que determinava a devolução da criança à mãe, Marina Pedroso, em 48 horas, sob pena de multa em caso de desobediência.

Isadora foi com o pai a Bauru, no interior de São Paulo, para passar as férias de julho. No entanto, ele não devolveu a menina para a mãe – mesmo com dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça – e ocultou o paradeiro dela. Após identificar os passageiros do veículo, a PRF escoltou o veículo até a divisa com o Mato Grosso, até que a juíza orientou para que a equipe liberasse a condutora, o homem e a criança a seguirem viagem. “Considerando que o prazo de 48 horas ainda não teria transcorrido na sua totalidade, desta forma não caracterizada eventual desobediência, foram feitas diligências, via contato telefônico com a Sra. Juíza da 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá”, informou a corporação.

Marina está há mais de 100 dias sem ver a filha. De acordo com a desembargadora, o pai se mostra alheio e ignora todas as decisões, ao relutar em entregar a criança mesmo havendo a determinação de busca e apreensão.

Uma audiência acontecerá nesta segunda-feira (8) às 13h no Juizado do Infância. Air tem até esta terça-feira (9) para entregar Isadora à mãe, já que o processo segue as regras do Código de Processo Civil, que conta as 48 horas em dias úteis.

A desembargadora determinou multa de R$ 50 mil em caso de desobediência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui