Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Justiça, por meio da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Ribeirão Preto, realizou nesta terça-feira (29), operação de fiscalização para coibir a receptação de produtos furtados de áreas públicas e vias da cidade.

Após ronda por ferros-velhos no bairro Paulo Gomes Romeu e adjacências, a GCM seguiu até a rua Javari para verificação de um estabelecimento que funciona apenas no período noturno.

Juntamente com a Fiscalização Geral, a GCM abordou o proprietário que fazia a limpeza do local. Do lado externo do estabelecimento havia muitos produtos recicláveis prontos para serem recolhidos. A equipe retirou alguns desses materiais, encontrando escondidas quatro grades idênticas às usadas no Parque Rubem Cione.

Diante dos fatos, o proprietário do ferro-velho foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde a autoridade de plantão, ciente dos fatos, acionou o representante da Secretaria de Infraestrutura, que confirmou a propriedade das grades como sendo da prefeitura.

“Intensificamos a fiscalização dos pontos que compram material para reciclagem com o objetivo de combater os crimes de furto em próprios municipais, tais como grades, tampas, fios e outros metais. A receptação é crime e continuaremos a atuar nestes locais para prender receptadores”, explicou o superintendente da Guarda Civil Metropolitana, Domingos Fortuna. O delegado de plantão enquadrou o proprietário do ferro-velho no art. 180 do Código Penal, por receptação culposa, sendo liberado em seguida.

Deixe uma resposta