Neymar acusa jogador de racismo ao ser chamado de “macaco” em partida

0

Neymar acusou Álvaro González, do Olympique Marseille, de ofensas racistas durante a derrota do Paris Saint-Germain, por 1 a 0, no Le Classique, neste domingo, que terminou com cinco expulsões, inclusive a do brasileiro, por um tapa na cabeça do zagueiro espanhol.

A confusão foi grande. Álvaro Gonzalez reclamava com a arbitragem sobre uma suposta cusparada de Di Maria, que também alegou ter sido ofendido. A situação foi para o VAR para apuração da confusão. Neymar e o argentino se aproximam, junto com González, dizendo “racismo não”, “racismo não”. González se afasta negando que havia sido racista, e Neymar insiste dizendo “racismo não” mais algumas vezes, confira o video.

O camisa 10 foi expulso no fim do jogo quando o árbitro viu um tapa do atacante na cabeça de Álvaro. Neymar deixou o campo indignado.

O brasileiro chamou a atenção da arbitragem sobre as atitudes discriminatórias do espanhol. “Quando Há 14 amarelos e cinco vermelhos significa que o jogo ficou fora de controle” disse.

Após a partida, Neymar desabafou em suas redes sociais:

O zagueiro Álvaro Gonzalez se defendeu. Publicou uma foto com uma curta mensagem no seu perfil se dizendo contrário a discriminação.

Neymar responde

Após a postagem do espanhol no Twitter, Neymar responde “você não é homem de assumir teu erro, perder faz parte do esporte. Agora insultar e trazer o racismo pra nossas vidas não, eu não estou de acordo”

Resposta do jogador Neymar em resposta ao tuíte de Álvaro Gonzalez do Olympique de Marselha

A ligue 1, que organiza o campeonato Francês, ainda não se manifestou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui