Agentes da Receita Federalencontraram, no último dia 26 de agosto, no Centro Internacional dos Correios, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, durante inspeção de rotina, 1,2 kg de uma substância amarela compactada e dividida em cinco volumes originários da Holanda. O destino seria a capital paulista. 

O caso, porém, foi divulgado só no dia 13, após análise do Laboratório Multiusuário de Ressonância Magnética Nuclear, da Universidade Federal do Paraná (UFPR).  Segundo o resultado da análise, a droga foi identificada como “canabinoide sintético desconhecido”, por ainda não constar na literatura científica.

A Receita Federal informou que a substância foi encontrada em uma remessa de cinco volumes vindos da Holanda ao Brasil, que tinham São Paulo como destino, no dia 26 de agosto.

De acordo com o órgão, as encomendas chamaram a atenção dos fiscais após passarem pelo scanner do Centro de Distribuição.

A remessa foi inspecionada, e os fiscais encontraram 1,2 kg de uma substância amarela sólida compactada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui