A farsa do PSL: O candidato pelado com as mãos no bolso

Ou as tranças do rei careca

5

Rodrigo Junqueira, há incontáveis meses, apresenta-se como pré-candidato ao Palácio do Rio Branco. Sem perfil ou estofo, sempre destacou como méritos o breve período de trabalho em uma multinacional alemã, em sua matriz, e uma fraca campanha a deputado federal. É o suplente do suplente do suplente do suplente do suplente… No frigir dos ovos, jamais foi levado a sério. Vida pessoal obscura. No microfone, uma tragédia. Seria engolido por figurões municipais.

A história nunca me convenceu. Na última semana, saiu oficialmente a nominata municipal do PSL. O presidente? Rodrigo Junqueira. Não são necessários muitos parafusos para entender que o indivíduo nunca considerou ser candidato. Explico: eleitoralmente, não pode ser candidato pelo cargo partidário que ocupa. Um boi de piranha para segurar a segunda maior legenda em fundo eleitoral e tempo de tv. O PSL não terá candidato. Será base de alguém.

O outdoor que teoricamente será motivo de sua impugnação é apenas uma recurso para inglês ver, um artifício, jogar para a plateia e posar de vítima. Truque tosco. Não engana ninguém. Fica a pergunta: quem está por trás? Saberemos em breve.

Ui. Bora tomar um nobre e gelado chopp!

5 COMENTÁRIOS

  1. DEVE DOER MUITO QUANDO UM MACHO SE RECUSA A COMER A BUNDA DE UM VIADO.
    E VIADO RECUSADO É MUITO AGRESSIVO.
    Esse idiota escreve um monte de merda sem nenhum fato concreto ou prova, com o único intuito de denegrir a imagem de uma pessoa que ele provavelmente nem conhece.

    • Conteste com argumentos, não com choro. Já entrevistei o referido duas vezes. Vá na legislação eleitoral e veja a validade. Mimimi

  2. Não acho q seja uma matéria produtiva , uma vez que, só atacou e denegriu a imagem de uma pessoa, seja ela lá quem for. Desnecessária ao meu ver e muito pessoal pelo que parece.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui