O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida nesta terça-feira (12), dia do feriado nacional que homenageia a padroeira do Brasil, onde foi recebido com aplausos e vaias e ouviu um sermão com referências à situação atual do país, incluindo o desemprego e a pandemia da Covid-19.

Mais cedo, antes da chegada do mandatário, o arcebispo de Aparecida, dom Orlando Brandes, criticou bandeiras e práticas de grupos bolsonaristas na principal celebração no Santuário no Dia de Nossa Senhora. O religioso fez alertas sobre o armamento da população, o discurso de ódio e as notícias falsas e defendeu a ciência e a vacinação contra o coronavírus.

Ao chegar de helicóptero ao Santuário Nacional, o presidente foi aplaudido por um grupo, aos gritos de “mito, mito”, e vaiado por outro, aos gritos de “fora, Bolsonaro”.

Bolsonaro acenou à população e não fez discursos ou comentários.

Esta é a terceira vez que Bolsonaro visita a cidade de Aparecida durante o seu mandato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui