O presidente Jair Bolsonaro foi à Câmara nesta quarta-feira (24) para receber a medalha de Mérito Legislativo, que foi entregue em sessão solene no plenário. Durante o evento, Bolsonaro ouviu coros de “genocida”, partindo de parlamentares rivais, e de “mito”, por parte dos aliados.

Bolsonaro fez a pé o percurso de menos de 1 km do Palácio do Planalto ao Congresso, onde foi recebido pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Antes da entrega da medalha, a segunda secretária da Câmara, deputada Marília Arraes (PT-PE), fez um discurso com críticas a Bolsonaro, sem citar diretamente o nome do presidente. Ela disse que o Poder Executivo deve se comportar como representante do povo, mas nem sempre isso acontece. Marília estava sentada à mesa da Câmara, a algumas cadeiras de distância de Bolsonaro.

Além de Bolsonaro, foram agraciados com a Medalha o papa Francisco, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, o fotógrafo Sebastião Salgado, o educador Paulo Freire, o deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) e o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

Também foram condecorados a médica cardiologista Ludhmila Hajjar, que recusou o convite de Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde e o ex-ministro do Tribunal da Contas da União (TCU) José Múcio Monteiro.

Bolsonaro recebeu a medalha de Lira e não respondeu aos gritos dos opositores.

A Medalha do Mérito Legislativo deve ser entregue a personalidades que realizaram algum trabalho que teve repercussão e recebeu a admiração do povo brasileiro.

“É uma satisfação muito grande voltar a esta Casa a qual integrei por 28 anos. Rever amigos, conhecer novas pessoas e ver de perto novamente vocês não têm preço. Nós só podemos pensar num Brasil melhor a partir do momento em que nós estivermos perfeitamente sintonizados. É dessa forma que se constrói uma nação e nós temos potencial para isso e muito mais. O mundo tem uma expectativa muito grande do que nós temos aqui, que nós produzimos e o que nós podemos fazer em parceria com todo o mundo. Essa condecoração muito me honra, estou muito feliz nesse momento. Espero cada vez mais poder interagir com todos vocês de modo que possamos escrever uma linda história para nossa nação”, disse Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui