Deputado estadual morre mesmo com tratamento intensivo com cloroquina

Parlamentar não resistiu após 8 dias internado

0

O deputado estadual do Rio de Janeiro Gil Vianna (PSL) faleceu por complicações resultantes da COVID-19. O hospital no qual estava internado, em Campos dos Goytacazes, RJ, tem como protocolo o uso da hidroxicloroquina para pacientes infectados pelo coronavírus.

Segundo a Alerj, o deputado estava internado havia oito dias em um hospital particular. O estado clínico era considerado estável, mas ele apresentou piora e precisou ser entubado. Viana não resistiu a uma parada cardíaca.

Em nota, o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), se solidarizou com a família de Vianna. “Infelizmente perdemos nosso Gil Vianna. Um ótimo sujeito, simples, um amigo nosso, apenas 54 anos. É uma grande tristeza”, disse.

O presidente da Alerj anunciou o luto com a suspensão das atividades da Casa por três dias.

Policial militar, Gil Vianna iniciou a carreira política em 2008, como vereador em Campos dos Goytacazes. Ele estava no primeiro mandato como deputado estadual, após ter sido eleito em 2018 com 28.636 votos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui