Doria afirma que 5 milhões de doses da Coronavac chegam a SP em outubro

0

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB-SP) comunicou em suas redes sociais, neste domingo (20) que São Paulo deve receber agora em outubro 5 milhões de vacinas Coronavac que está sendo desenvolvida pelo Butantã em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

A parceria com a gigante chinesa também prevê a transferência de tecnologia para possibilitar a produção de vacinas no Instituto Butantan, para diminuir a demanda de importação caso o imunizador se comprove eficiente.

O governo estadual informou que o instituto Butantã irá iniciar, em novembro, obras para ampliar sua estrutura física, a fim de acelerar a produção de vacinas.

A CoronaVac já está na fase 3 de testes em humanos. Os testes, de responsabilidade do Instituto Butantan, começaram a ser feitos no Brasil em julho e serão aplicados em 9 mil voluntários. A testagem foi organizada a partir de 12 centros de pesquisas, localizados em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Segundo Doria: “Os testes continuam com os médicos e enfermeiros voluntários em seis estados e, em breve, se tudo correr como planejado, poderemos imunizar milhões de brasileiros”.

A previsão é de que haja 46 milhões de doses até dezembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui