Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), falou de sua orientação sexual em entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo veiculada na madrugada desta sexta-feira (2).

“Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso.”

Ele é um dos pré-candidatos do PSDB à Presidência da República, devendo disputar prévias contra o governador de São Paulo, João Doria, o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto e o senador cearense Tasso Jereissati. De acordo com Leite, os ataques relacionados ao fato acontecem.

“Agora, como a minha participação nessa política nacional, nesse debate nacional, começa a despertar talvez maiores ataques por conta de adversários, alguns vêm com piadas, ilações, como se eu tivesse algo a esconder. Pois bem, que fique claro, não tenho nada a esconder. Tenho orgulho dessa integridade de poder aqui dizer também sobre a minha orientação sexual, quem eu sou, embora devêssemos viver num país em que isso fosse uma não questão, mas, se é, está aqui claro”, disse.

O posicionamento do governador do RS foi elogiado por partidários e oposicionistas e é um dos assuntos mais comentados das redes sociais. Até a entrevista de Eduardo Leite, nenhum prefeito de capital, governador ou presidenciável havia se assumido gay no Brasil.

Deixe uma resposta