O presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), informou nesta quinta-feira (25) em sua rede social que o partido lançará em dezembro a pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MS) ao Palácio do Planalto nas eleições de 2022. Será o primeiro grande partido —e possivelmente o único —com uma mulher na disputa.

A pré-candidatura de Tebet está sendo discutida pelo MDB desde que a senadora ganhou destaque com a sua participação na CPI da Covid. Foi a senadora que convenceu o deputado Luis Miranda (DEM-DF) a revelar o nome do responsável pelo “rolo” do contrato de compra da vacina Covaxin.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), de 51 anos, é tratada internamente como uma peça fundamental nos planos da sigla, que busca resistir ao governismo e recuperar protagonismo para a corrida sucessória. Ela é cortejada por Sérgio Moro (Podemos) para compor sua chapa nas eleições presidenciais, mas o partido descarta aproximação com o ex-juiz.

Um vídeo-manifesto da candidatura já está sendo produzido, centrado na imagem da senadora. A cúpula do MDB aposta numa equipe marcadamente feminina, inclusive com uma economista no papel de consultora da candidata. O marqueteiro também já estaria escolhido, mas o nome é guardado em sigilo. A própria senadora evita comentários sobre o tema e só deve se pronunciar publicamente após o anúncio oficial da cúpula. 

Entre correligionários, a avaliação é a de que Simone ajudará o MDB, e vice-versa. A senadora está disposta a abrir mão da campanha à reeleição ao Senado, onde as pesquisas internas apontam boas chances de reeleição, em contrapartida poderá ser o novo nome do partido para futuros arranjos e influenciar os rumos da agremiação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui