As articulações ou juntas são estruturas funcionais que fazem o ligamento entre os ossos. Elas são compostas principalmente por cartilagem, membrana sinovial, tendões e ligamentos.

As articulações fornecem a estrutura física para o corpo e possibilitam a execução de uma variedade de movimentos. Além disso, ajudam a diminuir o atrito que pode vir a ocorrer entre os ossos durante a realização de atividades que causam grandes impactos.

É comum encontrarmos pessoas que sofrem de dores nas articulações, desde as mais leves até as crônicas, que impossibilitam totalmente o movimento.

Existem hábitos simples que podem prevenir lesões, eliminar a dor e ajudar a proteger as articulações.

1. Boa postura protege as articulações. Ter um corpo alinhado faz com que biomecanicamente o corpo funcione corretamente favorecendo o encaixe perfeito das articulações, fazendo com que as sobrecargas sejam amortecidas pelas articulações, favorecendo a distribuição do peso corporal de forma fluida e uniforme. O que evitará lesões unilaterais capazes de fragilizar as estruturas articulares. Como podemos analisar, um corpo alinhado e com a biomecânica adequada será capaz de livrar-se das doenças articular

2. Cuide das falanges das mãos e pés. Evite forçar ou torcer as articulações, o estalido dos dedos é muito comum entre as pessoas, porém, ele pode ser prejudicial para as articulações se a pessoa tiver uma predisposição a artrite. Quando for segurar objetivos, não force apenas os dedos, mas, segure com a mão inteira.

3. Comer alimentos anti-inflamatórios. Alguns alimentos como cúrcuma, vegetais como o brócolis ou espinafre e alimentos ricos em ômega-3 como atum, sardinha, salmão, linhaça ou chia, podem ajudar a diminuir a inflamação nas articulações e, por isso, ajudam a aliviar as dores nas articulações. Esses alimentos devem ser consumidos diariamente ou, no caso dos peixes, pelo menos de 3 a 5 vezes por semana

4. Dormir regularmente:  ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade e é importante para diminuir a produção de cortisol, o hormônio que pode levar ao aparecimento de dor por todo corpo e dores nas articulações.

5. Não expor o corpo a movimentos agressivos como hipermobilidade, sobrecargas e fadiga articular constante. Nem realizar movimentos de torção com o corpo onde o eixo seja articular .

6. Alguns chás como o chá de gengibre ou chá de garra do diabo podem ajudar a aliviar as dores nas articulações por terem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, reduzindo a produção de substâncias inflamatórias como as prostaglandinas, aliviando as dores nas articulações.

7. Colocar uma bolsa fria sobre a articulação para aliviar os sintomas inflamatórios. Alternar com bolsa de calor para melhorar a mobilidade.

8. Ao acordar, antes de colocar os pés no chão, realizar movimentos circulares com as articulações para despertar os tecidos moles e fazer os mediadores químicos e o líquido sinovial entrar em ação para evitar que a dor seja intensa ao primeiro movimento.

9. Recomendo que a musculatura acessória das articulações seja fortalecida, para distribuir a carga articular com a musculatura. A prática regular de exercícios de baixo impacto, como caminhada, bicicleta ergométrica, natação, hidroginástica, pilates favorecem a eliminação das dores articulares

10. Realizar massagens circulares no local da dor favorecendo a irrigação sanguínea local e o relaxamento fará com que a dor diminua ou desapareça.

CIÊNCIA DA VIDA NATURAL | Formada em fisioterapia , educação física e teologia . Pós graduada em 5 vertentes com especialização em coluna vertebral . Mestranda internacional em nutrição pela universidade da Espanha . Gestora dos 2 projetos 1)Escola da vida natural 2) destrave seu emagrecimento. Criadora da técnica de iniciação científica “automassagem 3Dnano Dra Sílvia Batista . Coordenadora do projeto on-line “ hipertrofia sem drogas “

Deixe uma resposta