The governor of the state of São Paulo, João Doria holds a press conference on the beginning of tests with volunteers and health professionals with the Chinese vaccine CORONAVAC in the fight against the new coronavirus (Covid-19), at Hospital das Clínicas this Tuesday, on July 21, 2020 in Sao Paulo, Brazil. This morning, the CORONAVAC vaccine was applied to a Doctor at the HC and the forecast is that the 9,000 volunteers will be vaccinated by September 2020. The Government has announced that the forecast to make the vaccine available to the population should occur in early 2021.. In the photo Governor João Doria presents the new Chinese vaccine CORONAVAC. (Photo: Antonio Molina/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)

Após aval da Anvisa para a vacina contra a covid-19 CoronaVac ser aplicada em crianças e adolescentes de 6 anos a 17 anos, o Ministério da Saúde enviou, nesta sexta-feira (21), um primeiro ofício ao Instituto Butantan para a compra de novas doses do imunizante para a vacinação do público pediátrico.

“O Instituto Butantan recebeu, na manhã desta sexta (21), uma consulta do Ministério da Saúde via ofício sobre o número de doses de Coronavac que têm disponíveis. A resposta do instituto foi que possui 7 milhões de doses para pronta entrega”, informou o Butantan. 

Segundo o instituto, a quantidade ainda pode aumentar conforme interesse do governo federal. Além disso, o Butantan já começou a fornecer para o governo de São Paulo outras 8 milhões de doses, que já são repassadas as unidades aos 645 municípios paulistas.

A indicação da Anvisa é de que a aplicação da CoronaVac seja limitada a crianças de 6 a 17 anos (não imunocomprometidas) no esquema de duas doses com intervalo de 28 dias entre elas, assim como é feito na vacinação de adultos com a mesma vacina. 


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui