Imagem ilustrativa

Por Giovanna Grepi/Jornal da USP

Pesquisadores do Núcleo de Estudos da Saúde da Criança e do Adolescente (Nesca) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, iniciam mais uma etapa do projeto Brisa, que acompanha a vida e a saúde de uma coorte de crianças (conjunto das nascidas entre 2010 e 2011) nascidas em Ribeirão Preto (SP) e São Luís (MA).

Chamada de Brisa WEB, a nova fase busca pelas mães que tiveram seus filhos na cidade de Ribeirão Preto entre janeiro de 2010 e junho de 2011. O objetivo é realizar uma entrevista on-line para avaliar os impactos da pandemia na saúde das crianças e no bem-estar das famílias.

A equipe de pesquisadores pretende retomar com as avaliações presenciais em 2022, adiadas por causa do avanço da covid-19. Para participar desta fase do projeto Brisa WEB, as mães podem entrar em contato via WhatsApp (16) 99240-8044 ou nas redes sociais (Facebook e Instagram), atualizando o cadastro e agendando a entrevista.

Mais informações: (16) 99240-8044 e redes sociais do projeto (Facebook e Instagram).

Deixe uma resposta