No último domingo (7), o que era para ser uma ida ao estádio entre pai e filho para torcer pelo Santos em um clássico contra o Palmeiras transformou-se em um momento que gerou revolta no mundo do futebol.

Após a derrota, Bruninho de 9 anos, santista de coração, que joga futsal no clube, foi hostilizado por parte da torcida por pedir uma camisa ao goleiro Jaílson, no clássico contra o Palmeiras, no último fim de semana.

O garoto chegou a gravar um vídeo pedindo desculpas aos torcedores santistas e o episódio logo comoveu o mundo do futebol.


Ao ser hostilizado Bruninho disse: “Eu me senti muito assustado e também com medo de morrer”

A repercussão da atitude da torcida contra o garoto repercutiu fortemente pelo Brasil, e o apoio a Bruninho não demorou a surgir.

Convidado especial de Tite para cada conhecer a seleção brasileira, o menino torcedor do Santos ganhou várias camisas autografadas e apoio de jogadores de todo país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui