A polícia civil investiga a morte de Thalissa Nunes, de 27 anos, encontrada asfixiada em Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. A designer de moda foi achada em seu quarto com um saco na cabeça e as mãos amarradas para trás.

De acordo com o delegado Marcelo Haddad, a colega contou que a designer tinha ido a um bar e teria voltado acompanhada por um casal de amigos.

Ela também relatou que não escutou nenhum barulho durante a madrugada e estranhou Thalissa não ter acordado para trabalhar. 

Imagens de câmeras de segurança foram colhidas e mostraram as últimas pessoas que tiveram contato com a vítima antes dela ser encontrada morta.

A polícia disse que identificou os suspeitos do crime e descartou a possibilidade de suicídio, cogitada pelos amigos de Thalissa.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui