Um foguete da SpaceX decolou da Flórida nesta quarta-feira (15) levando um executivo de comércio eletrônico bilionário e três cidadãos menos abastados que ele escolheu para se juntar a ele na primeira viagem de uma tripulação civil em um voo para a órbita da Terra.

O quarteto de viajantes espaciais amadores, liderado pelo fundador e executivo-chefe da empresa de serviços financeiros Shift4 Payments, Jared Isaacman, decolou, com o tempo bom, por volta das 21h (horário de Brasília), como planejado, do Kennedy Space Center, na Flórida (EUA) em Cabo Canaveral.

Uma transmissão ao vivo da SpaceX mostrou Isaacman, de 38 anos, e seus companheiros –Sian Proctor, 51, Hayley Arceneaux, 29, e Chris Sembroski, 42– amarrados na cabine pressurizada da cápsula branca reluzente do SpaceX Crew Dragon, apelidada de Resilience, usando seus macacões de voo e capacetes.

O voo, que não tem astronautas profissionais acompanhando os clientes pagantes da SpaceX, deve durar cerca de três dias entre a decolagem e o pouso no Atlântico.

Isaacman pagou uma soma não revelada, mas que a revista Time estimou em US$ 200 milhões, ao também bilionário e proprietário da SpaceX, Elon Musk, pelos quatro assentos.

Cerca de 13 minutos após o lançamento, já era possível ver o efeito da gravidade zero em um pequeno cachorro de pelúcia levado pela tripulante Hayley Arceneaux, 29, assistente médica do hospital infantil St. Jude. A pelúcia representa os Golden Retrievers que participam da assistência terapêutica às crianças em tratamento no hospital.

A missão é um considerada um passo além do que foi feito recentemente na área de turismo espacial. Além da tripulação 100% civil, a Inspiration4 deve fazer história também por questões técnicas. Os voos feitos até o momento por outras iniciativas de turismo espacial duraram pouquíssimo tempo.

Essas missões, realizadas em julho pela Virgin Galactic, empresa de Richard Branson, e pela Blue Origin, de Jeffrey Bezos, foram voos suborbitais. Nesse tipo de voo, a velocidade não costuma exceder os 4.000 km/h.

A Inspiration4, por sua vez, é um voo orbital, em que a cápsula precisa chegar a velocidades maiores do que 27.000 km/h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui